E a vontade politica óóó!!

fevereiro 18, 2014 por · Deixar uma resposta 

DSC08232

Muitos são os pedidos de moradores , reclamando disso, daquilo, e outros mais. Faltam lixeiras na cidade, tem pichação, falta de fiscalização de transito,atendimento precário na “santa Casa”,venda de bebida alcoólica para menores,terrenos criando bichos peçonhentos, o trevo da entrada da cidade é uma vergonha, rotatória do jardim Paulistano pessimamente projetada, semáforos em locais sem necessidade,etc.. Resolvemos fazer um pedido aos “nobres representantes”. por favor justifiquem seus salários ou peçam a conta. se algum, desses está pensando em ser Prefeito na próxima eleição,tem quer começar trabalhar agora,um ano já foi pro saco! E a cidade continua a mesma. Lamentável!!!! Não estamos contra ninguém,e sim, a favor do povo!!
trevoCadê a fiscalização?DSC00126

Crianças em perigo!!!

fevereiro 14, 2014 por · Deixar uma resposta 

Os pais dos alunos que estudam na escola José Marcello,continuam esperando providência!

O terreno já esta quase todo vendido, porém não tem calçada. As crianças que estudam naquela escola são obrigadas a andarem na rua, correndo risco de vida diariamente.

Enquanto se preocupam com a zona azul, deixam vidas em segundo plano.

Alguém que recebe pra cuidar disso(prefeito,vereadores, fiscalização) ???

Vão esperar morrer alguém????professor raimundo

E a vontade de trabalhar óóó!!!!

Rua Tamiro Peixoto Castanho,algum vereador conhece essa rua?

fevereiro 11, 2014 por · Deixar uma resposta 

A rua Tamiro Peixoto Castanho, no Jardim Maria José,mais parece a estrada do minério.

Caminhões pesados trafegam por lá o dia inteiro.

Os moradores reclamam que essa rua fica em um bairro residencial,não comporta tamanho fluxo de caminhões pesados,as rachaduras nas casas são cada vez maiores.Tem terreno baldio,falta calçada e respeito as leis de transito.

Sem contar com a buzina da escola Jana Marun, que incomoda a vizinhança .

Algum vereador não quer justificar o salario?

Aproveitem, tem muita coisa ali pra se fazer! Rua Tamiro Peixoto CastanhaIMG_0047

mesmo fechada para visitas, algumas pessoas continuam inda á Pedreira

fevereiro 10, 2014 por · Deixar uma resposta 

A pedreira de Salto de Pirapora, como é conhecida por todos, está fechada para banhistas, mesmo assim algumas pessoas continuam frenquentando o lugar para nadar, o Jornal Cruzeiro do sul fez uma matéria á respeito. Á área é pertence à Votorantim Cimentos, que impediu a entrada de pessoas estranhas no local, como determinou o Departamento Nacional de Produção Mineral, logo após a morte de dois mergulhadores no local.

Amanhecer em Salto de Pirapora Por Mario Mendes

fevereiro 9, 2014 por · Deixar uma resposta 

Uma noite qualquer na vida da “pior mulher do mundo”

fevereiro 9, 2014 por · Deixar uma resposta 

Era uma noite escura e chuvosa numa pequena cidade, que ninguém sabe onde fica, sabe-se que seus moradores são em pequeno número, o homem em uma casa termina de se vestir, vai para sala , uma mulher está sentada em frente á televisão, assistindo um programa em que algumas pessoas ficam em uma casa durante vários dias sem poder sair, a mulher que conhecemos como “pior mulher do mundo”, ao notar que o homem entrará e ela logo faz gestos de desaprovação em relação á atração televisiva, ela diz coisas como: “esse programa é horrível onde já se vil essa menina loira fica se jogando pra cima de todos os homens”, o homem sorrir e delicadamente a beija dizendo-lhe para não assistir já que não gosta. Mas como “a pior mulher do mundo, é guardiã dos bons costumes, indignada diz: “Deveriam parar de passar esse programa, ele só ajuda a desestruturar a sociedade a família”. E continua perguntando: “Onde fica Deus nisso tudo? “Temos que respeitar o que Nosso Pai ensina”.  Homem mais uma vez a beija e se despede, ele sai pela porta ela o segue abre a porto e depois de mais um beijo e um abraço ele se vai. Antes de fechar a porta a mulher ouve o telefone tocar,e apressa-se para atender. No telefone outro homem que sempre ligava para lhe dizer o quanto a amava. “A pior mulher do mundo” adora receber elogios, isso faz com que ela tenha certeza que seu lema: “As mulheres boazinhas raramente se dão bem”, está correto. Ela fingindo ser um anjo sempre se dar bem, nada da errado na sua vida. Ela olha para a TV o programa que ela criticará ainda está passando ela olha para a mulher que havia criticado e pensa: “Essa das minhas”. Se despede do homem ao telefone com uma voz doce e ao meso tempo sedutora e, liga para o homem que a pouco saiu da sua casa para lhe dizer que já está com saudade. Ele sem saber que ela é “a pior mulher do mundo” fica contente com o gesto tão amável.

O dia clareou a cidade aos poucos acorda, na rua barulho de pessoas caminhando, a noite ficou para trás e um novo dia começou. A noite escura e chuvosa deixou vestígios em vários lugares da pequena cidade, arvores caídas ruas alagadas e certamente pessoas enganadas.

Para pensar!

fevereiro 8, 2014 por · Deixar uma resposta 

Horário de verão termina no dia 16 de fevereiro

fevereiro 8, 2014 por · Deixar uma resposta 

O horário de verão, que começou no dia 20 de outubro, vai terminar no terceiro domingo de fevereiro, dia 16.Na meia-noite de sábado (15) os relógios devem ser atrasados em uma hora, nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e no Distrito Federal.Segundo o Ministério de Minas e Energias, os estados conseguem reduzir o consumo em 0,5% no horário de verão.

Mais um ponto turístico de Salto de Pirapora

fevereiro 7, 2014 por · Deixar uma resposta 

Os regimes políticos, você e as suas duas vacas

fevereiro 7, 2014 por · Deixar uma resposta 

 

Comunismo (idealizado): você tem duas vacas. Os seus vizinhos lhe ajudam a cuidar da vaca e todos compartilham o leite.

Comunismo (v. 2) : você tem duas vacas. Você cuida das vacas, mas todo o leite fica com o governo.

Ditadura militar: você tem duas vacas. O governo fica com as duas vacas para alimentar os corruptos que o apoiam. Tortura e depois lhe mata porque você é um subversivo perigoso.

Ditadura militar (v. 2): você tem duas vacas. O governo fica com as duas e prende você para averiguações.

Fascismo: você tem duas vacas. O governo toma as duas vacas, contrata você para cuidar das vacas e vende o leite a você.

Democracia: você tem duas vacas. Os vizinhos decidem como repartir o leite.

Democracia representativa: você tem duas vacas. Você e os seus vizinhos marcam uma eleição para escolher quem irá dizer como o leite será repartido.

Ditadura militar latino-americana: você tem duas vacas. O governo lhe mata. Fica com as duas vacas, vende as vacas e manda o dinheiro para um banco suíço.

Democracia Surrealista: você tem duas vacas. O governo lhe aplica uma pesada multa porque um quitinete não é lugar de criar duas vacas.

Democracia americana: o governo promete lhe dar duas vacas se você votar nele. Após a eleição, o presidente é acusado de especular no mercado futuro de vacas. Importante jornal descobre o que existe por trás das vacas (!) e cria um escândalo chamado Cowgate (não confundir com o dentifrício). O presidente é forçado a renunciar e as vacas contratam advogado para acionar o governo por quebra de contrato.

Democracia britânica: você tem duas vacas. Você aporrinha tanto as vacas que elas ficam loucas. O governo não está nem aí…

Democracia francesa: você tem duas vacas. O governo baixa regras sobre a forma de as alimentar e ordenhá-las. Paga um gordo subsídio para você reduzir a produção para continuar faturando e não ter de ir procurar emprego na cidade. Depois, manda você desfilar com as vacas em frente a lanchonete de gringo.

Capitalismo: você tem duas vacas. Vende uma e compra um touro.

Capitalismo (versão Hong Kong): você tem duas vacas. Vende as três para uma empresa fantasma em nome do primo de uma namorada e depois compra as quatro vacas de volta com o financiamento obtido junto a um banco cujo gerente é seu amigo e com quem reparte o rebanho: quatro vacas para cada um.

Democracia brasileira: você tem duas vacas. Você leva as duas vacas para uma exposição e vende dez vezes cada uma delas a dez pecuaristas que as compram com financiamento de banco oficial. Depois, você leva as vacas de volta para a sua fazenda e recebe as comissões dos compradores de vacas.

Democracia verde (politicamente correta): você tem duas vacas. O governo manda você soltá-las no pasto.

Democracia surrealista (v. 2): você tem duas vacas cor de rosa. Elas flutuam placidamente sobre uma relva de cores fortes. O governo? No governo só há políticos honestos e eles não estão nem aí para suas vaquinhas amarelas.

Feudalismo: você tem duas vacas. O senhor, le Baron de La Merde-Rouge, fica com a maior parte do leite para alimentar a sua, dele, família.

 

Fonte: http://www.quatrocantos.com/humor/politica/14_politica.htm

próxima página »

Bottom