Nova Trilogia de Star Wars: Agora sob o comando de Mickey Mouse

janeiro 17, 2013 por  

Em maio de 1977 chegava aos cinemas dos EUA Star Wars tornando-se um fenômeno mundial de cultura popular. O primeiro filme da séria foi lançado com o título Star Wars, mais tarde o subtítulo Episódio 4: Uma Nova Esperança  passou a diferenciá-lo de uma hexalogia bilionária nos cinemas que rendeu ao seu criador, George Lucas, enorme prestígio e um império em produtos licenciados.

Star Wars além de foi um dos filmes que não permitiram a falência de Hollywood. O criador, George Lucas, junto com Francis Ford Coppola, Martin Scorsese e Steven Spielberg reergueram a indústria cinematográfica junto com a cultura da geração “sexo, drogas e rock ’n’ roll” que não visava lucro, mas sim a arte.

O marco do fim dos rebeldes se deu em 1977, quando foram lançados Star Wars, de George Lucas, e Contatos Imediatos de Terceiro Grau, de Steven Spielberg. Com estas duas obras, a mentalidade de Hollywood mudou. Era a revanche dos nerds contra a contracultura que tinha se tornado dominante em Hollywood. Teve início então à era dos blockbusters, que perdura até hoje.

O grande sucesso da série Star Wars está relacionado com o conceito do Mito do Herói ou Monomito, de Joseph Campbell. Dividida em três seções: Partida, Iniciação e Retorno. A Partida lida com o herói aspirando à sua jornada; a Iniciação contém as várias aventuras do herói ao longo de seu caminho; e o Retorno é o momento em que o herói volta a casa com o conhecimento e os poderes que adquiriu ao longo da jornada.

A saga refletiu nas produções de ficção científica nas últimas décadas e inovou o segmento de ficção científica e todo mérito é dado à George Lucas e sua inovação, criatividade e independência. Apesar de ser uma hexalogia, hoje, sua concepção é em forma de trilogia e segue o conceito do Mito do Herói: os 3 primeiros filmes (Uma Nova Esperança,1977, O Império Contra-Ataca, 1980, e O retorno de Jedi, 1983) mostram a jornada de Luke Skywalker; e os 3 últimos (A Ameaça Fantasma,1999, A Guerra dos Clones, 2002, e A Vingança dos Sith, 2005) a saga de Anakin Skywalker.

George Lucas desenvolveu toda série Star Wars agora anuncio que irá produzir mais uma “trilogia”, os episódios 7, 8 e 9, com o lançamento do Episódio 7 para 2015. Porém, os direitos agora são da Walt Disney, que adquiriu a produtora da série, a Lucasfilm, por US$4,05 bilhões. Após muitos diretores desistirem de filmar Star Wars Episódio 7, como Guillermo del Toro (Hellboy, Hellboy ll, Kung Fu Panda ll, O Gato de Botas), Zack Snyder (300, Watchmen), J.J. Abrams (Star Treck, Pearl Harbor) entre outro totalizando 14 diretores que recusaram o cargo, o Episódio 7 será dirigido por Matthew Vaughn diretor de X-Men: Primeira Classe.

Será que a The Walt Disney Company permitirá que Lucas continue a série com o roteiro original e com personagens com histórias amarradas ou os protagonistas serão refeitos para se adequarem às personalidades da Disney com pouco (ou nenhum) realismo e muito carisma e humor, mesmo nas cenas mais reais de ação?

Por: Leonardo Campos

Comentários

Sem respostas to “Nova Trilogia de Star Wars: Agora sob o comando de Mickey Mouse”

  1. Ricardo on fevereiro 13th, 2013 4:41 am

    Acho que em algo consagrado não se deve mexer, entretanto, Star Wars é diferente, é algo totalmente comercial, então não faria diferença. O que estragou o cinema atual são essas grandes produções, cheia de efeitos especiais mas com o enredo muito parecido, sendo que todo ano a maioria dos filmes produzidos são apenas mais do mesmo, a mesma fórmula de “sucessos” anteriores. Não considero a “vitória dos nerds”, com os blockbusters, um mérito.

Deixe uma resposta...




Bottom