Opinião(por Camila Santana)

fevereiro 27, 2013 por  

“Andei me analisando, queria descobrir a receita do sucesso, do desenvolvimento pessoal. Tenho lido muito sobre isso, pensado então nem se fala. Fico imaginando quais os pontos em comum de pessoas vencedoras, cheguei a seguinte conclusão: São pessoas que superam obstáculos, que fazem deles novas oportunidades. Ainda estou refletindo sobre essa questão. Na continuidade dessa minha louca obsessão, encontrei cinco razoes que me levam e te levam a fracassar, coisas que parecem pequenas, mas quando somadas, produzem o terrível efeito da acomodação. Eis os vilões: O medo, o ceticismo, a preguiça, os maus hábitos e a arrogância. Pra ser bem sincera, me identifiquei com todos.

 

camila-santana

Indo por partes, o problema do medo é que ele paralisa, se nessas situações tomássemos partido e optássemos por não parar, por ir adiante, ele teria um efeito totalmente reverso, provocaria mudança. Quanto ao ceticismo, traz insegurança, é preciso ser combatido com pensamentos objetivos e com foco, dar ouvidos a tudo e a todos nos faz duvidar das nossas reais possibilidades. Ah a preguiça, essa dispensa comentários, mas tem cura, um pouco de ambição. Já para os maus hábitos, a cura é mudança de comportamento, físico, social, psicológico e também, persistência. A união do ego mais a ignorância gera a arrogância, o fato é que toda vez que somos arrogantes perdemos algo, agora pense, reconhecer nossas fragilidades é assumir que somos humanos e que estamos sendo moldados a cada dia num trabalho intenso e minucioso.”

“Andei me analisando, queria descobrir a receita do sucesso, do desenvolvimento pessoal. Tenho lido muito sobre isso, pensado então nem se fala. Fico imaginando quais os pontos em comum de pessoas vencedoras, cheguei a seguinte conclusão: São pessoas que superam obstáculos, que fazem deles novas oportunidades. Ainda estou refletindo sobre essa questão. Na continpor partes, o problema do medo é que ele paralisa, se nessas situações tomássemos partidoIndo e optássemos por não parar, por ir adiante, ele teria um efeito totalmente reverso, provocaria mudança. Quanto ao ceticismo, traz insegurança, é preciso ser combatido com pensamentos objetivos e com foco, dar ouvidos a tudo e a todos nos faz duvidar das nossas reais possibilidades. Ah a preguiça, essa dispensa comentários, mas tem cura, um pouco de ambição. Já para os maus hábitos, a cura é mudança de comportamento, físico, social, psicológico e também, persistência. A união do ego mais a ignorância gera a arrogância, o fato é que toda vez que somos arrogantes perdemos algo, agora pense, reconhecer nossas fragilidades é assumir que somos humanos e que estamos sendo moldados a cada dia num trabalho intenso e minucioso.”

Comentários

Deixe uma resposta...




Bottom