Prefeito de Salto de Pirapora Ofende Manisfestantes

julho 2, 2013 por  

santelmo Prefeito de Salto de Pirapora Ofende Manisfestantes

Cidadãos que participaram de uma pequena manifestação em Salto de Pirapora alegam que o prefeito da cidade insatisfeito com o protesto ofendeu a todos com ofensas as mães dos participantes. Ainda segundo participante o prefeito se dirigiu a um manifestante especifico dizendo para ele arrumar um emprego e fazer algo da vida. O senhor prefeito pelo cargo que ocupa deve ter consciência que cobranças são inerentes a sua condição de representante do executivo. Vamos esperar mais serenidade nas reações em futuras cobranças.

Comentários

2 Respostas to “Prefeito de Salto de Pirapora Ofende Manisfestantes”

  1. Osivio on julho 2nd, 2013 6:23 pm

    É isso mesmo; gente ta muito folgado demais, não é esse o cargo que merece shr prefeito!!!!!!!

  2. Deolho no senhor!! on julho 4th, 2013 1:10 am

    É senhor prefeito, é melhor começar aparecer!
    O Senhor anda desaparecido e inserindo pessoas não competentes na prefeitura, filho e filhas de pessoas que já são ricos na cidade.
    Sabe uma coisa que me intriga? Porque as entrevistas para cargos para prefeitura são feitos no seu Posto pela Sra. sua filha?? acho que é estranho!!
    FICA A DICA.
    Não puxo o sardinha para nenhum lado, cobro porque é onde eu moro e gosto muito de morar em SALTO DE PIRAPORA, mas porque mudar as cores dos prédios (bens municipais) da prefeitura? (lembrando que na gestão anterior foi quase tudo pintado! só porque foi o outro prefeito? exemplo da minha indignação é a mudança da cor do barracão do recinto de festas.
    Sr. Prefeito faça projetos para que esses adolescentes de hoje, que estão saindo de suas casas agora e que estão conhecendo o mundo, tenha algo á fazer e não fiquem a merce dos traficantes….que olha vou te falar só burro não sabe quem é traficante na cidade!!!
    Faça jus ao cargo e faça algo, policia está aí para isso!!!!

    Gostaria de parabenizar pelo que já tem feito!!
    Mas não posso deixar passar algo tão “simples” de resolver e que não está sendo feito nada.

Deixe uma resposta...




Bottom