Aos Olhos de Um Estrangeiro – Comprar a Prazo e Natal

dezembro 26, 2012 por · 1 resposta 

natal

Comprar a prazo.

Uma das coisas mais estranhas para mim aqui é o costume de comprar e pagar a prazo. Nas vitrinas das lojas os preços estão mostrados como 3 x R$ 7,75. O preço à vista fica muito pequeno ou as vezes totalmente ausente. Também dentro da loja, se perguntar o preço, o vendedor vai falar imediatamente que você pode pagar em 3 ou 6 vezes, ainda sem falar o preço à vista. E a maioria dos clientes compram e pagam assim, no carnê, em 3, 6 ou mais vezes.

Em meu país, a Holanda, e outros países na Europa, esta maneira de anunciar, vender, comprar e pagar, é realmente muito rara. Existe somente em uma ou duas lojas que são especializadas neste tipo de negócio, nas grande cidades. E as pessoas vão lá especialmente para comprar desta maneira, normalmente em casos de absoluta emergência ou necessidade.

Uma pequena minoria do público compra pelos catálogos de lojas de encomenda postal, por exemplo “Wehkamp” ou “Otto“. Estas lojas vendem tudo que você pode imaginar pelo catálogo, roupas, móveis, cozinhas, perfumes, ferramentas, bicicletas, motos, livros, CDs, viagens, seguros, tudo. Além destas lojas que vendem literalmente tudo, existem clubes de livros e músicas que também vendem pelos catálogos e encomendas postais. Como membro de clube, os clientes têm a obrigação de comprar um certo número de livros ou CDs por mês ou semestre.

Estas lojas, tantas as gerais como as especializadas, ganham seus lucros não pelas suas vendas mas pelo juros nos pagamentos a prazo. Mas estas são as únicas possibilidades para comprar sem pagamento à vista na Europa (pela minha experiência): lojas especializadas, encomendas postais, e clubes de livros e CDs.

Lojas comuns não vendem a prazo nem fiado.

Eu ainda não compreendo totalmente a preferência do público de comprar aoprazo. Esta maneira é sempre bem mais cara do que comprar e pagar à vista. Em primeiro lugar, os juros aqui são muito altos. Especialmente no longo prazo, 12 ou 24 meses. Mas também quando for possível pagar no carnê “sem juros”, será possível negociar um bom desconto para o pagamento à vista.

Se as pessoas esperarem um pouco antes de comprar, por exemplo uma TV ou um DVD, e poupar o dinheiro por isso, eles pagarão muito menos pelos mesmos produtos. E por saldo eles podem comprar mais coisas pelo mesmo dinheiro. Outro: se eles não conseguem poupar o dinheiro antes de comprar, como eles vão pagar as parcelas depois da compra? Em muitos casos o total das parcelas a pagar precisa do salário inteiro. E então, como eles vão viver, comer, e pagar as contas da luz, água, etc. no próximo mês?

 

A festa de Natal.

Quando é verão aqui no Brasil, é inverno na Europa. E o inverno lá é realmente frio, muitas vezes com neve, gelo nas ruas e nos rios, e as temperaturas caem por volta ou em baixo de zero graus. As festas de Natal e Ano Novo são celebrados totalmente dentro da casa, fora do frio.

O Natal tem dois dias de feriado: Primeiro Natal 25 de dezembro e Segundo Natal 26 de dezembro. O Primeiro Natal é uma festa íntima da família.  Na noite de 24 ao 25 de dezembro os crentes visitam juntos um culto na igreja seguido por um café de manha festivo e extenso. O dia de Natal é um dia familiar numa atmosfera de paz e tranqüilidade. O segundo Natal está usado para visitar parentes, principalmente os pais e avôs para almoçar e jantar juntos. Todos ficam muito perto da família e ficam dentro da casa. Tudo isso é bem diferente do que aqui, onde o Natal é comemorado com o sol, as altas temperaturas, um churrasco lá fora no quintal, as cervejinhas e para muitas pessoas, as férias na praia.

Para todos meus leitores um Feliz Natal e Prospero Ano Novo. Até a próxima.

(publicada pela primeira vez em Dezembro 2006, editada e republicada aqui em Julho 2012)

Hans van Denderen,

professor particular de Inglês,

Holandês e Alemão.

e-mail: hansbrasil@globo.com

LAZER SIMPLES E PRAZEROSO EM SALTO DE PIRAPORA

julho 6, 2012 por · Deixar uma resposta 

Em Salto de Pirapora não é preciso gastar dinheiro para se ter uma boa diversão com a família. Hoje vivemos tempos em que as crianças não brincam mais na rua, e motivos para não deixar os filhos brincando com amigos na rua os pais tem de sobra, medo da violência, da propagação das drogas, entre outros motivos. Os pais que não querem, e com todo razão, deixar seus filhos brincarem na rua com os amigos podem muito bem juntamente com toda a família se dirigirem aos espaços que temos em Salto de Pirapora. Muitos podem afirmar que aqui não temos espaços de lazer. Logicamente moramos em uma cidade pequena e logo teremos espaços que talvez não sejam os mais sofisticados mais para se distrair com a família são ideais.

Na maioria das cidades as crianças têm uma carência de quintal, parque ou rua, e acabam apenas se distraindo com os meios modernos de diversão, esquecem que podem se divertir de varias outras formas. Cabe assim aos pais sempre que puderem levar a família no calçadão com um espaço para as crianças correm jogarem bola. Uma atividade de custo zero e de satisfação enorme. Na nossa cidade temos diversas praças que tem além de brinquedos para crianças aparelhos de ginástica para os mais velhos e assim pode sim ser um ótimo lugar para que as famílias passem bons momentos juntos. Devemos lembrar que lazer é uma satisfação pessoal ao realizar uma atividade de que gostamos.

O lazer é fundamental para o ser humano as pessoas hoje lembram apenas de atividades como ir ao shopping que teoricamente oferecer tudo o que se necessita: compras, cinema, parque, restaurante e muitas outras atividades. Mas em Salto de Pirapora as diversas praças oferecem uma alternativa fantástica para as famílias, as quadras espalhadas pela cidade oferecem a oportunidade de jogar futebol, no calçadão além de pescar podemos também soltar pipa, e quem sabe ainda pescar. O que se tem que perceber e que para uma boa diversão em família não precisamos procurar sempre as novidades, existem brincadeiras que são uma ótima opção para todos, e os pais podem além de lembrar o tempo de criança podem ensinar diversas maneiras de diversão para os filhos.

Os espaços de lazer para as famílias em Salto de Pirapora existem e não são poucos, e como já comentado são de graça. Basta lembrar que diversão pode ser de maneira simples.

Os que não têm filhos podem se divertir nas quadras de esporte espalhadas pela cidade e não são poucas, praticamente em todos os bairros tem um desses espaços. Os que não gostam de esportes ou ainda os que não querem podem se divertir um pouco no centro, típicas em cidades pequenas as praça são um bom lugar para passar bons momentos com os amigos. E é ainda um ambiente adequado para um namoro ou para os solteiros conhecerem pessoas interessantes.

Enfim Salto de Pirapora é uma cidade pequena e nos dá a chance de preservar bons valores, como a diversão em família, e atividades prazerosas que não requerem muitos gostos por parte de quem necessita de uma boa dose de distração. Moramos sim em uma cidade pequena e devemos aproveitar tudo o que possuímos aqui, pois temos o que boa parte da população mundial deseja espaços verdes que circulam a cidade, espaços onde as famílias e amigos possam se encontrar para mementos que fortaleçam as relações. Temos que agradecer muito por ainda possuirmos ambientes que nos fazem bem, sem ser necessário nos deslocar quilômetros e gastar para que possamos esquecer um pouco dos compromissos diários.

Bottom